PLANO DE CURSO  
ANO: 2021
 
CURSO: COMUNICAÇÃO SOCIAL COM HABILITAÇÃO EM PUBLICIDADE E PROPAGANDA SÉRIE: 03
DISCIPLINA: INTRODUÇÃO ÀS TEORIAS SEMIÓTICAS    
 

Aulas Teóricas: 74

A) EMENTA

Introdução à Semiótica e as contribuições das diversas teorias. A noção de signo: conceitos, características e classificações. Análise de objetos cotidianos concretos e objetos midiáticos. A mensagem não verbal. Percepção, leitura e análise de signos em materiais jornalísticos, publicitários e em outras manifestações artísticas.


B) OBJETIVOS / COMPETÊNCIAS

Iniciar o aluno à reflexão sobre as principais escolas e teorias que interpretam o fenômeno da produção de sentidos. Reconhecer a aplicação das teorias nos eventos comunicacionais da contemporaneidade. Compreender a importância da semiótica no desenvolvimento histórico da comunicação moderna.

C) BASES TECNOLÓGICAS (CONTEÚDO PROGRAMÁTICO)

1. As bases linguísticas da semiologia
1.1 – Visão geral da história da linguística
1.2 – A linguística como ciência dos signos

2. A concepção de língua como sistema em Saussure
2.1 - O surgimento do modelo
2.2 – Natureza do signo linguístico

3. A língua como um sistema funcional
3.1 – O círculo de Praga
3.2 - Rupturas com o modelo saussuriano

4. – O Círculo de Bakhtin
4.1. Um princípio heurístico de investigação: o dialogismo
4.2. O signo como produto social

5. A ascensão dos estudos culturais
5.1 – Cultura e produção de sentidos
5.2 - Cibercultura



D) ATIVIDADES DISCENTES

Exercícios de análises de produtos comunicativos como peças publicitárias; filmes; produtos jornalísticos. Discussões sobre questões que envolvam a semiótica na via de emissão e recepção; seu papel no desenvolvimento social.

E) AVALIAÇÃO

Avaliação em grupo (prova ou seminário, para avaliar domínio dos conceitos discutidos no curso); participação em aula (atividades de leitura dirigida, debates e discussões em sala); prova final individual (para avaliar capacidade crítica sobre os conceitos das correntes teóricas abordadas).

F) BIBLIOGRAFIA BÁSICA

BAKHTIN, Mikhail M. Marxismo e Filosofia da Linguagem: problemas fundamentais do método sociológico da linguagem. 14 ed. São Paulo: Hucitec, 2010. Tradução de Michel Lahud e Yara Frateschi Vieira. (Linguagem e Cultura; 3).

FIORIN, José Luiz. Elementos de análise do discurso. São Paulo: Contexto, 2000.

_____Linguagem e ideologia. São Paulo: Ática, 1988.

FOUCAULT, Michel. As palavras e as coisas:uma arqueologia das ciências humanas. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

MAINGUENEAU, Dominique. Análise de textos de comunicação. São Paulo: Cortez, 2001.

METZ, Christian. A significação no cinema. São Paulo: Perspectiva, 2006. Tradução de Jean-Claude Bernardet. (Debates; 54).

PEIRCE, Charles Sanders. Semiótica. São Paulo: Perspectiva, 1995.

SANTAELLA, Lúcia. Imagem: cognição, semiótica, mídia. São Paulo: Iluminuras, 2001.

_____O que é semiótica? São Paulo: Brasiliensa, 1993.

SAUSSURE, Ferdinand de. Curso de linguística geral. 27 ed. São Paulo: Cultrix, 2006. Tradução de Antônio Chelini, José Paulo Paes e Izidoro Blikstein.



G) BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ARRIVÉ, Michel. Em busca de Ferdinand de Saussure. São Paulo: Parábola, 2010. Tradução de Marcos Marcionilo. (Lingua[gem]; 37).

BAKHTIN, Mikhail M. Estética da criação verbal. 5 ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010. Tradução de Paulo Bezerra.

CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: EDUNESP, 1998. Tradução de Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. (Coleção: prismas).

DUCROT, Oswald. O dizer e o dito. Campinas: Pontes, 1987. Tradução de Eduardo Guimarães.

GREGOLIN, Maria do Rosário. Bakhtin, Foucault, Pêcheux. In:BRAIT, B. Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2006. P. 32-52.

_____(Org.). Discurso e Mídia: a cultura do espetáculo. São Carlos: Claraluz, 2003.

LUCCHESI, Dante. Sistema, mudança e linguagem: um percurso na história da linguística moderna. São Paulo: Parábola, 2004. (Lingua[gem]; 5).

PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. 5 ed. Campinas: Pontes, 2008. Tradução de Eni Puccinelli Orlandi.

STAM, Robert. Bakhtin: da teoria literária à cultura de massa. São Paulo: Ática, 1992. Tradução de Fernando Mascarello.

_____Introdução à teoria do cinema. 2 ed. Campinas: Papirus, 2006. Tradução de Fernando Mascarello. (Coleção Campo Imagético).

LÉVY, Pierre. Cibercultura. 2 ed. São Paulo: Editora 34, 2000. Tradução de Carlos Irineu da Costa.