PLANO DE CURSO  
ANO: 2020
 
CURSO: ENFERMAGEM SÉRIE: 1
DISCIPLINA: SOCIOLOGIA E ANTROPOLOGIA FILOSÓFICA    
 

Aulas Teóricas: 72

A) EMENTA

A disciplina desenvolve o estudo das formações sociais em seus processos sócio-econômicos e políticos, como novo paradigma para análises etiológicas e compreensão da saúde como forma de organização social, permitindo ao aluno compreender as diversas formas de organização social e seus determinantes, o comportamento humano e suas concepções e a prática da saúde nos diferentes contextos sociais.

B) OBJETIVOS / COMPETÊNCIAS

- Ser capaz de interagir os pensamentos de filósofos, antropólogos e sociólogos com os pensamentos e atitudes dos profissionais da saúde, de forma a compreender a prática da enfermagem;
- Valorizar o conhecimento sobre a cultura, o comportamento das sociedades e dos indivíduos e as peculiaridades do cuidado humano, resgatando o significado humanístico e social da prática da saúde nos seus diferentes contextos;
= Conhecer a história da enfermagem e sua evolução.


C) BASES TECNOLÓGICAS (CONTEÚDO PROGRAMÁTICO)

- Sociologia e Antropologia na saúde.
- Principais pensadores da Sociologia e Antropologia.
- Motivos e relevância do estudo de antropologia e sociologia na enfermagem.
- O desenvolvimento histórico das práticas de saúde. Histórico da enfermagem no mundo e no Brasil.
- Símbolos e uniformes na enfermagem.
- Enfermagem e o cuidado: uma relação transcultural. Práticas populares de saúde. Noções sobre terapias complementares.
- Religião e Espiritualidade no contexto da enfermagem .
- Relação da Imprensa e Mídia com a Saúde.
- A dimensão ética do cuidar.
- Reflexão sobre a prática profissional do enfermeiro: alguns estudos selecionados. O corpo masculino e feminino: suas representações na saúde.


D) ATIVIDADES PRÁTICAS

Os estudantes realizarão debates e mesas redondas multiprofissionais a fim de discutir e refletir sobre assuntos como espiritualidade e terapias complementares e suas relações filosóficas e antropológicas em saúde.


E) ATIVIDADES DISCENTES

Os estudantes realizarão trabalhos em grupo, relatórios e seminários sobre assuntos discutidos em sala de aula.


F) AVALIAÇÃO

Os estudantes serão avaliados por meio de Provas Teóricas, Apresentação de Trabalhos, Apresentação de Seminários, participação nas Dinâmicas de Grupo, além da sua participação nas atividades propostas intra e extra-aula, interesse, e evolução do conhecimento.


G) BIBLIOGRAFIA BÁSICA

ARONSON, Eliot. O animal social: introdução ao estudo do comportamento humano. Tradução de Noe Gertel. São Paulo: IBRASA, 1979.
BERGER, Peter l.; LUCKMANN, Thomas. A construção social da realidade: Tratado de sociologia do conhecimento. Petrópolis: Vozes, 1974.
GEOVANINI, Telma; MOREIRA, Almerinda; DORNELLES, Soraia & MACHADO, Willian. História da Enfermagem: versões e interpretações. Rio de Janeiro: Revinter, 1995.
HELMAN, Cecil G. Cultura, saúde e doença. 4 ed. Porto Alegre: Artmed, 1994.
RIZZOTTO, Maria Lúcia Frizom. História da Enfermagem e sua relação com a Saúde Pública. São Paulo: AB Editora, 1999.
WALDOW, Vera Regina. Cuidado Humano: o resgate necessário. 3 ed. Porto Alegre: Sagra Luzzatto, 2001.