FEMA - Consulta Acervo Digital - Monografias - TCC - PIC

Títulos Disponíveis

Título: ATIVIDADE ANTIBACTERIANA DA SEMENTE DO MAMÃO PAPAIA (Carica papaya L.).
Aluno: LUCAS RIBEIRO DE OLIVEIRA
Orientador: MARY LEIVA DE FARIA
Banca: ELAINE AMORIM SOARES MENEGON
Ano: 2015   Tipo: Monografia / TCC
Palavras-chave: Mamão papaia, Sementes, Antibiograma.
Resumo: O uso de plantas medicinais tem sido frequente em todo mundo, principalmente em paises subdesenvolvidos, visto que medicamentos ocidentais ortodoxos sao mais caros e de dificil aquisicao. O mamao, pertencente a familia Caricaceae, e uma das plantas mais cultivadas no mundo, principalmente nos paises tropicais e subtropicais, onde a temperatura varia em torne de 25‹C. Estudos apontam que o mamao apresenta atividade biologica em varias partes da planta, incluindo o fruto, a folha a semente ou latex. Inumeros trabalhos abordam que o extrato da semente do mamao, obtidos por extracao aquosa ou com solventes organicos, tem apresentado atividade antimicrobiana. Uma analise fitoquimica feito da semente do mamao apresentou varios constituintes quimicos, onde um deles e a aglicona, conhecida como isotiocianato de benzila, que apresenta atividade antimicrobiana. O emprego medicinal da semente do mamao e uma alternativa para criacao de novos antibioticos nao so mais eficazes mais tambem de mais facil acesso a populacao como um fonte terapeutica alternativa. Neste contexto, o objetivo deste trabalho e avaliar a atividade antimicrobiana do extrato bruto alcoolico e etereo (eter de petroleo) de sementes de C. papaya frente a bacterias patogenicas Staphylococus aureus e Escherichia coli. Primeiramente foi retirado a semente da fruta, as sementes foram lavadas e enxugadas com agua esteril, secas e trituradas. Foram preparados os extratos e feito o teste de antibiograma com as bacterias Staphylococus aureus e Escherichia coli, onde os discos foram esterilizados e impregnados com 60 ƒÊL dos extratos. Para verificar a influencia do solvente foi realizado o teste com discos impregnados apenas com o solvente. No teste de antibiograma realizado foi constatado que os extratos de sementes de mamao nas concentracoes usadas nao apresentaram atividade antibacteriana contra as bacterias usadas. Os resultados obtidos indicam que as bacterias S. aureus e E. coli nao se mostraram sensiveis frente a concentracao dos extratos utilizados, visto que nao houve formacao de halos de inibicao.
pdf